Edição 3204

Castro-PR, Sexta-feira, 30 de Novembro a 03 de Dezembro de 2018 * Ano XXIX * Nº 3204
Postado por Redação /  29.11.2018

Porquê complementar aposentadoria?
Presidente da Casa de Leis é questionado
A portaria publicada no dia 20 de novembro, no diário oficial eletrônico do município, por meio da qual o vereador e presidente da Câmara de Vereadores de Castro, José Otávio Nocera, estabelece a inativação da até então funcionária da Casa, Ilzemarie Hampf, e determina complementação de aposentadoria à mesma, foi alvo de contestações entre os parlamentares na sessão de quarta-feira (28). Maria de Fátima e Mauricio Kusdra questionaram diversos pontos relacionados ao pedido de complementação à aposentadoria da ex-servidora, que até ter seu contrato reincidido, tinha salário de R$ 21.718,54, mas recebia mensalmente R$ 13.416,07, considerando os descontos.
Página 3


Pela quinta vez
'Carambeí Digital' recebe prêmio
Carambeí Digital, projeto da Prefeitura Municipal, recebeu premiação na sexta edição do Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR), que homenageia os municípios com os melhores projetos de gestão. Prefeito Osmar Blum (PSD), acompanhado do diretor do departamento de Informática, Edison Rodrigo de Moura, recebeu o prêmio em cerimônia realizada na Assembleia Legislativa do Paraná. O programa implantado em 2015, soma sua quinta premiação.
Página 4


Dia Municipal de Adoção e Proteção Animal é aprovado
Página 3


Parque Histórico está em clima de Natal desde o dia 24
Página 5


Em Tibagi
Padre 'Carmo' recebe título
Na noite desta terça-feira (27), em sessão solene na Câmara Municipal, Padre Marcelo Rodrigues do Carmo recebeu o título de cidadão honorário de Tibagi. Uma honraria dada pelo poder legislativo, através do Projeto de Lei n° 2630/2016.
Página 3

Contra o reajuste do pedágio
Governadora anuncia novas ações
A governadora Cida Borghetti anunciou que o Estado vai solicitar à Justiça Federal que não autorize o reajuste das tarifas de pedágio no Anel de Integração.
“Por todas as situações que acompanhamos, com as ações envolvendo a operação Integração acredito que o reajuste das tarifas vai aumentar ainda mais o prejuízo para a economia do nosso Estado”, afirmou a governadora. “Construí um histórico de defesa dos interesses dos paranaenses nesta relação com os pedágios, e é esta linha que continuarei adotando”, acrescentou. O reajuste anual está previsto para o dia 1º de dezembro.
Página 3

Sumiço de Stefany completa três dias na sexta
Página 7

Homem morre prensado após caminhão cair de ribanceira
Página 7
Imprimir Página! Criar arquivo PDF para esta notícia!